Nhoque de ricota e espinafre gratinado

Calma, o nhoque de batatas virá logo. É que quis aproveitar a abertura de uma boa loja de fábrica em São Paulo para comprar ricota, e comprei aos montes (vai ter mais receita com ricota por aí, aguardem!).

nhoque2

Italiano tem toda uma questão com ricota. O nome significa “cozinhar de novo”, e faz referência ao processo de fabricação: ao soro coagulado do leite é adicionado um acidulante, depois de ele já ter sido aquecido. Vale qualquer tipo de leite na feitura da ricota. A mais valorizada, na Itália, é a ricota ainda fresca, úmida e menos quebradiça, consumida pura ou com frutas, em doces e tortas.

Vale dizer, logo de cara, que nhoque de ricota é bem mais fácil de fazer que o de batata, além do que a ricota é grande amiga de acompanhamentos verdes e temperos na massa – o que dispensa a necessidade de preparar molhos exuberantes. Esta receita, por exemplo, leva espinafre picado, vai ao forno com manteiga e o resultado é um prato lindo, leve (descontada a manteiga) e delicioso. Em relação à receita original de Marcella Hazan, reduzi um pouco da farinha de trigo e acho até que a receita admite mais espinafre. Do jeito que saiu estava ótimo.

nhoque

Enrolei os nhoques como brigadeiros, sem passar o garfo pra ficar bonitinho, por isso descontem a aparência pouco atenta ao formato clássico. Massa caseira é assim mesmo.

GNOCCHI DE RICOTA E ESPINAFRE GRATINADO
(para 4 porções)

450 g de espinafre fresco (ou 300 g de espinafre congelado)
5 colheres (sopa) de manteiga
1 colher (sopa) de cebola picadinha
2 colheres (sopa) de prosciutto (presunto italiano) picado, comum, ou presunto cozido
sal a gosto
3/4 de xícara de ricota fresca
1/3 de xícara de farinha de trigo
2 gemas
100 g de queijo parmigiano-reggiano ralado na hora
1/2 colher (sobremesa) de noz-moscada ralada

1 Lave as folhas de espinafre, deixando-as de molho se necessário, e descarte as aparas e cabinhos (ou use-as para algum outro preparo). Enxugue-as um pouco e leve-as para rápida refogada com um pouco de sal, sem água adicional. Quando murcharem e escurecerem, retire do fogo e deixe-as esfriar. Escorra as folhas de espinafre cozidas, aperte-as para extrair a água e pique-as. Reserve.

2 Refogue a cebola com 2 colheres de manteiga. Quando dourarem levemente, acrescente o espinafre, o prosciutto e um pouco de sal e deixe cozinhar por cinco minutos. Retire do fogo.

3 Na mesma panela ou em um bowl, com o refogado frio, acrescente a ricota, a farinha e mexa com uma colher de pau. Adicione as gemas batidas com garfo, 80 g do parmesão ralado e a noz-moscada. Misture com a colher e depois use as mãos para tornar a massa mais homogênea. Prove e corrija o sal, se necessário.

4 Faça bolinhas com a mistura, formatando-as nas palmas das mãos, com tamanho de 1 cm, mais ou menos (quanto menor, mais fácil o nhoque cozinhará). Se a mistura estiver grudando nas mãos, polvilhe farinha para ajudar a manuseá-la.

5 Em água fervente, salgada e abundante, cozinhe os nhoques aos poucos. Eles devem ficar no fundo e flutuarem quando prontos. Com uma escumadeira, vá tirando os nhoques. Repita o procedimento até terminar de cozinhá-los.

6 Derreta as três colheres de manteiga restantes, no fogo ou no microondas. Reserve. Coloque os nhoques numa fôrma untada com manteiga, despeje a manteiga derretida por sobre eles, o resto do queijo parmesão e leve ao forno preaquecido a 190°C, por 5 a 10 minutos. Sirva em seguida.

nhoque3

Dificuldade: fácil
Precisa de quê? fogão e forno
Tempo:  1 h

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s